terça-feira, 31 de agosto de 2010

ui

Sua vida não tem preço. Cartões, celular, bolsas, carteiras, documentos, tudo se recupera. Sua vida não.

Houve um dia em que Floripa e adjacências eram seguras. Me pergunto se algum dia o pessoal dos Direitos Humanos já procurou alguma vítima de qualquer crime, de qualquer tipo ou gravidade. Um vagabundo, assassino confesso e condenado que tira a vida de um pai de família trabalhador para lhe roubar alguns trocados, um passe e um celular velho recebe um auxílio mensal de um salário mínimo pois sua família não pode passar necessidade. Já a família da vítima recebe merda do Estado. Estão pouco ligando.

Poucos policiais, recursos escassos, salários que não compensam o perigo corrido e uma população conivente ao crime. Some isso com um governo de ladrões despreocupados com o destino do povo e que só pensa em prestígio e poder e teremos uma bomba relógio atômica. Esse é o nosso país.

E sabe o que é pior? É saber que mesmo tendo eleições de quatro em quatro anos nada muda. Os escândalos só mudam de sigla, os dólares são enfiados em lugares diferentes (espero que logo enfiem no cu deles também) e o povo imbecil ainda ele os Collors e Sarneys da vida.. Eita povo burro.

Já enchi o saco disso.

Amanhã to de volta.

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

É...

To vendendo... N95-8GB Na caixa...
R$ 600,00...

DADO!!!


Um dia longo. Idéias curtas. Força gigantesca demandada. Sacrifícios são necessários. Escolhas e renúncias. Surpresas e confirmações. Da euforia à exaustão. Enfim, da vida à vida. E assim que deve ser. Um dia após o outro, um minuto após o outro. Uma pedrinha por vez. Não se constrói um muro da noite para o dia. Mas pontes podem ser derrubadas em questão de segundos.

Chega uma hora no dia em que você cansa. Somos humanos. Mesmo a raiva tem limite. O amor também. Até o melhor guerreiro precisa descansar. Encostar a cabeça no travesseiro e deixar a energia fluir e o inconsciente trabalhar. Simplesmente se entregar à sua porção humana e deixar-se levar ao reino de Morpheu.

Espero que seu dia tenha sido produtivo e que amanhã as coisas de hoje se resolvam.

Um ótimo restinho de segunda...

Um dia deve acabar para outro nascer...




O ódio alimenta uma parte da sua alma onde a luz não alcança. Uma parte que pode ser usada a seu favor. Uma força motriz tão forte quanto seu espírito pode ser. Ela não se prende, não se contém e simplesmente não para, não desiste. Use isso a seu favor.

Como uma massa sonora incontrolável e cadenciada como um metal pesado sinta seu coração bombear para cada pedaço do seu corpo a energia necessária para sobrepujar cada pedra do seu caminho, por maior que ela seja. E não importam quantas te atirem, você não vai parar. Muito menos olhar para trás. A certeza de que cada desafio virou poeira diante do seu poder te permite olhar apenas para a frente, para seu futuro.

Não se deixe dominar. Aprenda a controlar os impulsos. Utilize apenas a força gerada pela escuridão. Divirta-se com ela. Permita-se um pouco de maldade em seus pensamentos. A ironia é aliada da inteligência. Dói, incomoda, está tão evidente na sala como um elefante branco estaria e ao mesmo tempo não passa de ironia...

E o melhor é que você muitas vezes nada precisa fazer. As pessoas têm o hábito de repetir suas ações. Procuram as mesmas encrencas. Enfiam a cabeça nos mesmos buracos. E o mais divertido é que agora você está sentado no melhor lugar do circo. E logo ele pega fogo...

E que se dane o filtro solar... : )



"Seja um rei, uma rainha, ou bobo da corte se preferir. Sonhe, viaje, corra até a lua só para buscar um sonho se preciso for. Pule de estrela em estrela até chegar bem perto do sol e sinta o calor da vida banhar seu corpo. Liberte sua mente, cuide de seu corpo. Você vai morar um bom tempo nele ainda e não vai querer conviver com paredes caindo e rachaduras por todos os lados. Aprenda algo novo todo dia. Esqueça algo de ruim todo dia. Não vale carregar mais bagagem do que realmente é necessário para você. Brinque, ria, seja criança pelo menos alguns minutos do seu dia. Você já é cobrado pela vida adulta o resto do tempo. Não perca seu tempo com sentimentos ruins, pequenos e vis. Seu coração foi feito para amar. Amar a vida, os amigos, a cerveja, a boa música e por que não algumas pessoas mais do que as outras. E quem sabe uma mais do que todas as outras. Você decide, ou melhor, ele decide. Mas ame. Esteja aberto para as coisas boas da vida que elas virão aos pares. E que seja assim, hoje e sempre. E que se dane o filtro solar..."

Ian Thives.


Um bom findi. Muitas risadas, lágrimas com alguns amigos, surpresas com outros. Muito trabalho e diversão de primeira. Muita coisa para falar e comentar. Vamos por partes...

I

Um relacionamento deve ser bom para os dois. Não se sinta culpada por não ser exatamente como a outra parte sonhou. Muitas vezes nem é sonho e sim capricho. E será que vale a pena deixar de ser quem você demorou uma vida toda para se tornar só para satisfazer o capricho de uma outra pessoa?

Não seria mais fácil encontrar alguém que te ame pelo que você é?

Ninguém morre de amor. E muito menos vive só dele. Você tem que trabalhar, estudar, ver pessoas, crescer profissionalmente e pessoalmente. Se alguém quer ficar no seu caminho deve ficar sim pelo caminho e não fazer parte dele.


II

As pessoas fazem coisas estúpidas. Está na natureza delas. Algumas simplesmente não conseguem superar certas situações e tentam de alguma forma se prender a elas. Seja tomando atitudes não tão surpreendentes assim mas inesperadas devido a natureza baixa do ato em si.

Que cada um seja feliz com suas escolhas e que o destino resolva não provar que aquilo que elas lá no fundo sabem possa ser verdade. Pois assistiram um rio tortuoso correr assim por toda uma vida e insistem em mergulhar nele procurando uma linha reta.

Burrice tem limite. Paciência também.

III

Você sabe a verdade. Você se conhece bem. Sabe do que precisa e do que não precisa para ser feliz. Não dê mais valor à certas coisas do que elas realmente possuem. Não vale à pena. Olhe o seu mundo. Perceba as cores que você que nele. Olhe o contorno das coisas. Brinque com suas formas e cores. Sorria, ria, gargalhe se preciso for, mas coloque para fora a alegria de ser quem você é.

Você esta vivo. Quer maior motivo para comemorar?

Amanhã você acordará novamente. Terá mais um dia inteiro para consertar o que não pode hoje e realizar coisas novas. Esse é o presente mais importante que você poderia ganhar. E ainda pensa em desperdiçar lamentando o leite derramado ao invés de levantar e ir buscar mais?

Me poupe...

IV

O mundo está aí louco para ser conquistado por você. Só posso dizer isso.

Boa sorte.




sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Friday!

Voltando de "New Fields"...


Seus caminhos são resultados diretos das suas escolhas. E infelizmente também são afetados pelas escolhas de outras pessoas. Algumas não pensam em você quando as fazem então por que você perderia seu precioso e finito tempo pensando nelas? Existem momentos em que precisamos ser egoístas para sobrevivermos. Momentos em que você deve vir em primeiro lugar.

Situações singulares requerem atitudes singulares, mesmo que no contexto não sejam a sua maneira de lidar com as coisas. Levantar o escudo as vezes faz muito bem. Amigos não se machucarão e o resto é resto, que se foda.
Não importam tanto quanto você ainda acha que importam. Com certeza eles não se importam. Siga em frente agarrado aos seus princípios e busque sua felicidade. Não existe nada mais importante no momento.

E hoje e sexta-feira. Quer dia mais feliz?

Bzu  

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

The island

O perigo de construirmos uma ilha é que se nos distanciarmos demais da costa nenhuma ponte poderá nos alcançar. Talvez essa seja a saída para alguns. Talvez essa seja a saída para aqueles que entenderam o jogo. Talvez seja uma fuga. Ou quem sabe um verdadeiro encontro de si mesmo. Se ninguém entrar não haverá ninguém para sair. Não haverá ninguém para trair a confiança ou faltar com a palavra. Ninguém provará que suas desconfianças eram na verdade seu sexto sentido apitando diante do perigo iminente. Não haverá culpa por nada que você possa fazer ou que tenha feito.

Nesta ilha existe um buraco, negro como a noite. Fica no cume da montanha mais alta. Lá onde os olhos não podem alcançar. Ao redor dele pode-se sentar e atirar rumo à escuridão as coisas que cobertas por espinhos rolam em seu coração e sua mente. Um buraco negro que consome avidamente as coisas que te fazem mal e que insistem em voltar quando a noite cai.

E a noite cai todos os dias...
Viva o novo. Experimente. Permita-se. E seja feliz.

Decida.

Você tem o poder do destino em suas mãos. Só você sabe a verdade que existe aí dentro. Só você pode decidir o que é melhor para você. Basta seguir seu coração. Mas preste atenção e perceba a diferença entre o que ele está te mostrando e o que ele não quer que você veja.

A verdade pode estar debaixo de várias camadas. Auto-piedade, apego, carência, as lembranças boas que com o tempo sobrepõem as más. Muitas coisas são utilizadas por você mesma para tentar maquiar a verdade. Isso não faz bem para ninguém, especialmente para você.

Existe a hora de lutar e a hora de se retirar quando percebe que a batalha não tem mais sentido e você luta sozinha.

Bacana...





Depois da queda o coice. A eterna roda volta a girar e começa a colocar cada coisa no seu devido lugar. As máscaras caem. As tintas que escondiam a verdade começam a derreter e tudo torna-se patéticamente pálido e claro. E é assim que deve ser.

Contra tudo e contra todos. Mantenha sua essência. Agarre-se a si mesmo e não solte por mais forte que seja a onda. No final você é tudo que você tem. Aprenda a dominar seus instintos e não dê o sabor de verem você fraquejar. Nunca.

Erga a cabeça e encara cada dia de uma vez. Cada batalha como se fosse a última. Cada vitória como se fosse apenas mais um tijolo na construção do seu muro. E faça-o alto, forte e lacrado pelos quatro lados. E siga em frente.

As vezes um choque é tudo que precisamos para acordar. Ou para voltar a dormir. Sua escolha.

Que assim seja.

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Deja vu

Um dia ela era um lindo garotinho, no dia seguinte um ser que habitava a sombra a mente de jovens indefesas. Tudo começou quando ele foi apresentado ao lado negro da força. Um lado onde não haviam fronteiras, pudores, limitações e muito menos julgamentos. Um lugar onde o que era proibido assumia um sabor mais forte e as sombras não mais causavam medo nem espanto mas sim serviam de esconderijo para experiências e descobertas.

E quando se passa ao próximo nível de conhecimento não se pode mais voltar atrás. A ignorância é uma benção. E expansão da mente e do espírito  pode levar para lugares maravilhosos mas também acaba afastando as pessoas normais. Não porque não gostam delas, muito pelo contrário. Adoram. Mas as discrepâncias de ideologias as afastam naturalmente.

O mundo normal não brilha mais com a mesma intensidade que antes. O sol esconde o brilho que só a noite revela. Dizem que a noite é uma ilusão. Isso porque se prendem ao dia e acha que a noite é um complemento do dia. Os que vivem na noite pensam exatamente o contrário. A noite revela o lado que o dia obriga a esconder. Ou melhor, as sombras da noite.

Um vampiro nasce não se sabe de onde e nem o porque. Apenas aparece. Anda entre nós como um igual. mas de igual não tem nada. Procura por semelhanças nos outros. Semelhanças que muitas vezes são apenas superficiais e que com o tempo desaparecem. Ou falham no primeiro teste.

Deja vu.

Que venha a luz

As vezes a casca mais dura e impenetrável esconde um interior escuro e solitário. O rei senta-se em seu trono e vislumbra um reino vazio e triste. Em sua mão a espada pesa cada vez mais e perde o sentido de ser por não haver mais nenhum inimigo para derrotar. Ou os que restaram simplesmente não importam mais. O castelo parece frio e ainda mais solitário nos dias de sol. Os pensamentos voam para reinos distantes buscando qualquer coisa que possa trazer de volta a alegria para seu reino, mas tudo é em vão.

A noite cai e com ela as sombras se multiplicam e tomam de assalto todos os aposentos. O silêncio parece ser tomado por milhares de vozes que parecem se misturar contendo todas as respostas e ao mesmo tempo não conseguindo dizer nada. Como flechas elas passam por sua cabeça e fragmentos vão se juntando para formar uma idéia. Uma possível luz. Tomara.

Lampejos da viagem para Campos Novos

Como prometido alguns lampejos da viagem ao Oeste Catarinense...

Bem vindos a Campos Novos City onde fizemos um som no Clube Camponovence!

Obviamente a piada de CampoNÃOvence saiu de cara... rs...

O pôr do Sol na serra...



O salão do baile...


Edio "Twittando"


Antes do show


Juninho gaiteiro...



Esquentando para o show... rs...


video
O famoso "Chebala" com teto solar e tudo!!!

Penumbra

Nada como começar o dia sentindo no rosto o calor do sol. Nada como a luz para espantar as sombras e esmorecer a escuridão que insiste em se fazer presente mesmo quando a noite acaba. Nada como começar um novo dia para esquecer das coisas que nos assombram momentos antes de embarcarmos na viagem dos sonhos.

É nesse momento de penumbra da consciência que os fantasmas saem de suas covas e assombram nossos pensamentos e se espalham por nossos sonhos. Coisas que nos aconteceram, coisas que deveriam ter acontecido, coisas que achamos que acontecerão. Enfim, coisas. Apenas coisas. Coisas que muitas vezes nem lembramos na manhã seguinte, mesmo que sintamos o gosto amargo na boca de algo que dificilmente será digerido. Ainda assim não lembramos que coisa é. Apenas sentimos o gosto. E não gostamos.

E seguimos o dia nos preparando para a batalha que provavelmente será esquecida na manhã seguinte...

Boa quarta!

terça-feira, 24 de agosto de 2010

Politicagem

Hoje tirei um tempo para assistir aos programas eleitorais dos candidatos à presidência do nosso Brasil varonil. E percebi que os profissionais em marketing têm em suas mãos o futuro do Brasil. As campanhas mais parecem propaganda de uma grande marca de refrigerantes, exaltando o sabor, a cor e a embalagem. Nada falam sobre a composição do produto, do que eles nos oferecem, digo, nada sólido. Ficar arrotando generalidades nada específicas é fácil. Mentir no geral é fácil. Difícil mentir nos detalhes. Aí eles se perdem, por isso ficam no campo  do "fazer mais pela educação. pela saúde, pelo povo".

E como adoram essa palavra. Acham que dizendo "povo" ou aparecendo de surpresa na porta de alguma fábrica se igualam ao mesmo povo que esquecem quando estão la em cima. Fácil prometer as coisas. O povo está sedento por isso. Que a ilusão. Não quer saber das dificuldades de driblar as artimanhas e prioridades do Congresso Nacional de Ladrões...

Aff...

Vamos ver no que vai dar.

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

à la fin...

Parceria em Bom Retiro City



Não se prenda. Liberte-se das amarras que seguram seus pés no chão e voe livremente para a direção seu coração mandar. Sinta o vento beijar seu rosto e o céu servir de tela para seus devaneios mais insanos e tresloucados. Não se segure. A vida passa no instante de um piscar de olhos. Quando se der conta os melhores anos da sua vida terão passado. E você se perguntará porque se manteve preso. E não achará mais a resposta.

Dos ignorantes é o reino dos céus. Essa talvez seja uma das maiores e poucas afirmações verossímeis do livro de Eli. No dia em que você descobre a verdade o colorido perde a cor. Tudo fica levemente acinzentado e opaco. Você descobre que o pote de ouro no final do arco-íris está vazio e a moeda que você guardou esse tempo toda era apenas uma moeda. Sem valor. Apenas uma lembrança de um sonho que deveria estar guardado em um lugar intocável mas que não mora mais lá. Apenas uma moeda.

Uma moeda que servirá para você ao chegar na fonte dos desejos e precisar de uma para que o que habita em seu coração ganhe vida. Você deve fazer uma escolha. Então formule bem o seu desejo e atire a moeda na fonte enquanto ela ainda está lá ou ficará preso com essa moeda por muito tempo até que outra apareça. Você pode simplesmente não desejar nada. Apenas atire com toda sua força e permita que o peso que essa moeda carregava se vá com ela e que você acorde mais leve e com um sorriso bobo em seu rosto.

Com esse sorriso você se aproxima mais e mais do seu verdadeiro pote de ouro e não vai precisar se equilibrar em cima de nenhuma arco-íris para chegar lá...

Epifania

Versão mestre de cerimônias...


Vez ou outra somos pegos de surpresa pela sensação de que encontramos a última peça do quebra-cabeça, mesmo que não saibamos que peça e nem que estávamos montando um. Simplesmente sentimos a euforia de descobrir algo que nem sequer sabíamos que procurávamos. Mas descobrimos. E nesse momento nosso ponto de vista pode mudar radicalmente sem pedir nossa permissão.

As coisas parecem se alinhar como se estivessem em uma linha cronológica e agora altamente lógica. Como se estivéssemos assistindo a um filme sem prestar muita atenção nele até que algo acontece e nos faz lembrar instantaneamente de tudo que se passou e que culminou no exato momento que estamos vivendo. Você já se sentiu assim?

Valores

Algumas vezes é difícil achar o lugar a qual realmente pertencemos. Procuramos calor em corpos estranhos e aconchego em ninhos que não são nossos. A possibilidade de aquietar o espírito e finalmente poder desistir da busca acaba nos fazendo aceitar muitas coisas que vão de encontro às nossas convicções. E ultimamente temos tido tão poucas na vida que me pergunto se realmente vale à pena.

Digamos que seus valores são as coisas que mais importam na sua vida, convicção é a forma que você as defende, o que você faz para protegê-las. A verdadeira felicidade está em aliar esses conceitos com as coisas que te rodeiam...

Parece fácil, mas não é...

domingo, 22 de agosto de 2010

Bão demais!!!

Cá estou. 09:01hrs. Chegando de Bom Retiro onde fizemos um mega baile para umas 2.000 pessoas extremamente animadas e receptivas. Viagem longa, cheia de curvas, impossível dormir. O cansaço domina cada célula do meu corpo e a mente mal responde a qualquer estímulo. Mas assim que é bom.

Hotel fuleiro, rango mazomenos, camarim ridículo de pequeno e muita diversão e incontáveis risadas... Esses são alguns dos percalços de bailes do interior e também o que os torna tão peculiares e únicos.

Logo atualizo com as fotos e os vídeos.

Bom domingo para todos que passam por aqui e deixam esse músico mais feliz.

Bjs

sexta-feira, 20 de agosto de 2010

Mais um dia (ou menos um?)



Mais um dia começa, um pouco tarde eu sei, mas a noite de ontem  foi longa e só acabou hoje de manhã quando chegamos de Criciúma  e fui obrigado a colocar o sono em dia pois hoje tem uma baita festa no Armazém e não posso fazer menos do que o melhor para meu público.

Um dia que apesar de curto me encanta pelo simples fato de poder aproveitá-lo da maneira que me der na telha. Poderia dar uma volta na praia, sentar na areia, colocar os pés na água, se bem que está um pouco frio para isso. Então poderia simplesmente sentar na beira da praia e colocar a leitura em dia. O livro da vez é "Mentes Perigosas" da psicóloga e escritora Ana Beatriz Barbosa Silva. Aconselho. Se alguém quiser emprestado quando eu terminar e só avisar por mail mesmo.

Mesmo tendo infinitas possibilidade me lembro que meu cubo (caixa de som onde ligo minha guitarra) queimou e sou obrigado a sair correndo para resolver isso. Além de ter que dar um jeito nesse meu Windows que está uma cáca devido a um vírus safado que acaba com teu Winlogon.exe. ou seja, você não consegue fazer nada e está me impedindo de formatar a máquina e resolver isso. Apelarei após 32 anos para um técnico. Mas não desses que vêm em casa dar uma de bonzão, vou em uma loja ali no estreito que já e de confiança. Saco.

Depois volto, me banho, deixo meu note bacaninha de novo e turbinado com os programas de áudio e vídeo que mais uso e tenho que ouvir umas músicas para amanhã pois vamos para Bom Retiro e tenho que reviver algumas coisas que não passamos nos ensaios...

Well... Hora de cair na vida.

Beijo para vocês e até daqui a pouco.

Ian Thives.

O sabor de se fazer o que gosta

Como é bom poder viver fazendo aquilo que mais gosto. Tenho imenso prazer em subir em um palco, seja para 400 pessoas como no Armazém todas as sextas ou para 300.000 como no reveillon de Floripa que fiz quando ainda tocava na Enigmata. Para mim o prazer é igual. Como na Dioxy, onde começamos com um casal e acabamos com o salão cheio e super animado.

Aquele casal que curtiu as primeiras músicas sozinho foi tratado com todo o respeito que alguém que sai de casa, paga para entrar em uma boate e emprega seu tempo na frente de um palco (e um salão vazio) merece. Porque essas pessoas estão na sua frente depositando um voto de confiança no seu som, no seu talento. Merecem que você esteja sorrindo, se divertindo e passando essa diversão adiante. No mínimo isso.

E foi o que fizemos. Nos divertimos. E divertimos quem gastou seu tempo com a gente. Na pista de cima, com super iluminação, mega som e sempre cheia tinha a Mayara Coelho, nossa amiga e super competente cantora de sertanejo universitário. Mas fisgamos a galera que estava afim de um bom pop e por que não de um bom rock.

Não entendo, não aceito e não respeito quem sobe em um palco com cara de cu, cansado e claramente não gostando do que está fazendo. Já subi para tocar cansado, com problemas pessoais e até puto da vida. Mas quem está lá embaixo não merece saber disso e nem está interessado nisso. Cabe ao músico ser profissional e vestir um sorriso e fazer seu trabalho, que é entreter o povo. Ou muda de profissão. Vai vender caixão. Com certeza a cara de cu será entendida por respeito à situação e ninguém espera carisma e simpatia de um vendedor de caixões...

E são 05:21 da matina, estou na van voltando de Criciúma e muito contente por estar com o Lilo e o Eduo aqui comigo!

Show de bola... Hora de nanar...

Fui...

terça-feira, 17 de agosto de 2010

...

A melhor coisa quando provocado é não dar ao inimigo a reação que ele espera. Nunca. Sua estratégia se baseia no sentimento negativo que acham vão despertar em você. Não caia nessa. Mantenha a calma. Anote tudo que se passa. Observe as reações. Aprenda sobre seus inimigos. Olhe-os de perto, mesmo que isso lhe cause nojo. Ele não são tão inteligentes ara ficarem vinte e quatro horas em estado de alerta fingindo ser o que não são. Uma hora as máscaras caem. As atitudes mostram o que são de verdade, quais seus reais desejos e objetivos. O amor pode nascer em um segundo. E morrer mais rápido ainda. Amizade também. Assim como a confiança. Não gaste a sua com quem não merece. Você pode fingir que acredita, mas não abra mão de seus planos e não deixe de fazer o que for preciso para realizá-los. Não se rebaixe como eles, mantenha a cabeça erguida. Pode demorar mais tempo, mas quando conseguir a vitória será muito mais saborosa. E a derrota deles muito mais amarga por não terem argumentos para criticarem sua subida nem o brilho de sua conquista.

O tempo mostra o papel de cada um na sua história. Sempre deixe espaço para as surpresas. Desagradáveis ou não elas vão sempre acontecer. Prepare-se para o inesperado e para o não tão inesperado assim, mesmo que esperando e não acreditando por ser algo feio e completamente desrrespeitoso. Mas acontece. E nesse momento volte ao post anterior perca apenas um segundo do seu tempo resolvendo isso e siga em frente. Nada vale à pena se não estiver no seu campo de visão ao olhar para a frente. Abra espaço. Solte sua bagagem. Só ocupa espaço. Leve apenas aquela que lhe faça sorrir. O resto deixe pelo caminho e não olhe para trás.

Chega de se lamentar ou apoiar-se em sentimentos unilaterais. 

Um segundo e nada mais

Um segundo. Um simples segundo. Tempo suficiente para que uma explosão acorra e acabe transformando tudo ao seu redor. Como um grito abafado no meio da noite que ninguém ouve. Um segundo onde uma vida passa lentamente e é completamente esquecida no momento seguinte. Um segundo longo, profundo e mesmo assim extremamente raso e efêmero. Como deveria ter sido desde o começo. Um segundo no universo de milhares de vidas, histórias, sentimentos e descobertas. Com o tempo as descobertas tornam-se tão parecidas que já não trazem mais novidades. Onde os gostos e sabores mudam apenas de cores. Onde podemos errar e acertar o quanto quisermos que no fim  tudo não passará de um breve sentimento de: hummm, então era isso? Nada mais que isso. Ainda assim uma vida. Em um segundo. Que termina no mesmo tempo. E que deixa para trás um sentimento de tempo perdido. Mesmo que esse tempo dure apenas um segundo e nada mais.

É...

Noites longas. Sem pensamentos concretos. Apenas fragmentos perdidos de coisas que deveriam importar. Nada específico. Ou talvez seja o sono que me impeça de formar frases inteiras e completar meus pensamentos. Ou quem sabe a corrente seja tão forte e cheia de idéias que captá-las  e organizá-las seja impossível conscientemente.

As horas voam. Os pensamentos fogem junto com  escuridão. A luz do dia chega para clarear o mundo e escurecer ainda mais o meu, pois me lembra que tudo começa novamente. E eu aqui. Ainda acordado. pensando milhões de coisas ao mesmo tempo que não penso em nada.

Talvez não devesse me importam tanto com as coisas, com as pessoas e suas atitudes e traições de princípios. Talvez eu devesse agir como elas dizem que eu faço. Ou como elas pensam mas não dizem. Ou nem pensam, mas esperam que eu haja. Que seja.

Talvez e mais talvez. A certeza é uma ciência não-exata. A unica certeza é que realmente não podemos estar certos de nada. Nem disso. Só sei que certas coisas merecem ficar enterradas exatamente onde as deixamos.

Algumas vezes somos julgados sem direito de resposta ou defesa. Recebemos a sentença mesmo sem saber e só podemos lamentar a falta de caráter e consideração demonstrada por aqueles que bradavam aos quatro ventos virtudes e mais virtudes. Que permaneçam na escuridão entoando seus cânticos hipócritas sujando a memória de tudo de bom que houve um dia em seus mundos. Que as lembranças apaguem logo e que esqueçam que um dia meu mundo fez parte do deles. Pois eu já esqueci.

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

Tired...

Cansado. Corpo e mente. Espírito enfraquecido. Energia baixa. Vontade de me atirar ao mar e simplesmente deixar as ondas me levarem ao seu bel prazer. Ficar navegando à deriva tendo como companheiro o céu azul e o calor do sol. Simplesmente deixar que mundo volte a fazer parte de mim para que eu possa fazer novamente parte dele. Completo, não pela metade.


Exausto. Sem forças para nadar contra a correnteza que me carrega para longe de mim mesmo. Mas não quero pensar nisso hoje. Me permito não ser forte e sucumbir ao desejo de me entregar. Ao menos hoje. Por uma noite apenas quero ser simplesmente eu. Só eu. Sem adjetivos, superlativos, sem conjugar nada e aprender menos ainda. Só eu, meu travesseiro e meus pensamentos...


Se me for permitido quero fugir em meus sonhos para o lugar em que o tempo vai poder parar e me esperar. Onde eu possa dormir eternamente sem perder um segundo sequer. Que eu tenha tranquilidade e paz de espírito, ao menos por um segundo, e que esse segunda seja eterno...


Boa noite.



Aff...

Ainda me admiro com a relação que algumas pessoas têm com seus trabalhos. Ou melhor, a maneira como encaram as coisas. Durante anos no meio musical a pergunta que não quer calar é: Por que nenhum músico de Floripa estoura nacional mente? Ou: Qual é o problema das bandas da Ilha?

A resposta para as duas perguntas é simples: o problema são os músicos!

Simples assim.

Vejamos, você é contratado por uma empresa, que tem por fins óbvios o lucro, ou seja, ela pretende utilizar sua força de trabalho para alcançar um objetivo distinto remunerando você por isso. Então ela lhe atribui funções, um horário, objetivos e uma remuneração. Isso simplificando a coisa. Se você atrasa ou não cumpre as funções corretamente alguém vai lhe cobrar por isso. Se o seu trabalho não for satisfatório e não valer oinvestimento em você com certeza você perde o emprego. Ponto.

Você então se propõe a ser um músico profissional, ou seja, viver da música. Seja tocando, dando aulas ou compondo jingles. Afinal você não serve para ficar trabalhando oito horas por dia e recebendo ordens de ninguém. É o que escuto da maioria (boa parte não tem competência para mais nada mesmo) dos músicos que conheço.

Então tá, vamos ser músicos profissionais.

O seu trabalho não é tocar no sábado a noite e aparecer para as gatinhas. O seu trabalho é primeiramente estudar diariamente o seu instrumento para que consiga executar corretamente o que as músicas pedem, caso seja de uma banda cover (música própria falamos mais tarde). Depois de saber tocar bem deve ouvir e aprender as músicas para não atrapalhar o ensaio. E deve também chegar na hora e não faltar aos ensaios. Afinal, o resto da galera se programa, deixam família e outros afazeres para chegar no horário e quem se diz músico profissional e não faz mais nada da vida chega sempre atrasado. Quando não fura...

O músico de verdade chega com as canções decoradas, chega antes do horário e apronta seu instrumento para a batalha e colabora com os outros. Isso não e pedir muito. A não ser que você esteja em Florianópolis. Aí é pedir o impossível.

E depois não sabem porque ninguém daqui dá certo e acabam sempre dizendo que não se vive de música em Florianópolis...

Eu vivo. E muito bem por sinal.

Família

Normalmente valorizamos uma coisa quando não a temos mais por perto. Felizmente em alguns momentos acordamos antes do sonho acabar e podemos demonstrar o que sentimos e criar momentos maravilhosos que um dia serão lembrados com muita saudade e farão tudo ter valido à pena.

Não permita que seu egoísmo afaste a chance de cultivar bons sentimentos e crias boas lembranças. Família é a prioridade na vida de uma pessoa. Ao menos deveria ser. Na minha é e sempre vai ser. A convivência pode não se eterna, mas o amor vivido esse sim é eterno.

É assim que é

As pessoas que adoram julgar os outros e que batem no peito pregando grandes valores morais são as primeiras a provar que realmente não valem nada. Sucumbem ao primeiro sinal da tentação. Provam e se lambuzam das coisas que adoram apontar nos outros. E acham que nínguem está vendo. Ledo engano.

Apontar nos outro o que não tem coragem de assumir ter vontade é a arma preferida para tentar desviar a atenção das suas próprias.

E tenho dito.

sábado, 14 de agosto de 2010



Finalmente entendi a idéia do Stan Lee a criar o Hulk, uma criatura gigante, cinza (era a cor original dele), que não permite estabelecer um diálogo por não usar da sua razão e sim apenas os instintos mais primários do ser humano. Hulk com fome Hulk come e com raiva Hulk esmaga homenzinho. 

A idéia do cinza nos leva a uma coisa impávida, contra a qual não temos argumentos e muito menos forças. Uma coisa grande, que tem o poder de vir e destruir tudo como se não fosse nada. Lee metaforicamente explicou um estado da psiquê humana onde os sentimentos tornam-se puros e verdadeiros sem as amarras da razão.

Quem sabe se o mundo tivesse um pouco mais da pureza do Hulk as coisas não seriam diferentes...

Life begins...

A vida é um eterno recomeço já dizia o poeta. Para todos. Ao menos todos que sabem que vale à pena recomeçar. Mas não é fácil. É preciso criar o desapego e deixar que cada coisa siga seu rumo natural. Mesmo que essa rumo leve as coisas para um lugar cada vez mais longe de você.

Um dia você acorda e percebe que a vida realmente continua. Dentre mortos e feridos todos sairam mais fortes de alguma forma. Assim o livro da sua vida é escrito e mais um capítulo se inicia com o fechamento do anterior. Você está mais leve, carregando menos bagagem. Isso abre espaço para a felicidade e todas as coisas boas que seu destino reservou para você.

Bem-vindo à sua nova vida.

Aff...

Bom, mesmo correndo risco não me calo. Alguns Blogs já foram censurados e retirados do ar por falarem do crime de estupro praticado pelo filho do delegado e pelo neto do todo poderosa da RBS. Tenho vários amigos na emissora e sua qualidade e indiscutível, pena não usarem esse caso para mostrar ao mundo que fazem valer a integridade que tanto pregam.

Censura é crime e censurar de trás do muro é covardia. Mas o que esperar de uma país onde humoristas são proibidos de fazer piada com os políticos na época onde os defeitos deveriam ser apontados e o povo poder escolher sabendo um pouco mais da verdade de cada candidato. Mas quem disso que o povo deve ter esse direito?

Mas voltando ao assunto devo externar minha insatisfação por ter encontrado alguns blogs fora do ar bem no dia em que a sentença dos bandidinhos fora anunciada. Essa sim deveria ser censurada por jogar tudo que se tenta ensinar aos filhos sobre ética e justiça no lixo. Uma sentença tão branda que com certeza será comemorada no El Divino ou algum outro clubinho de babacas do tipo.

Não sou rancoroso e muito menos despeitado. Tenho amigos que freqüentam tais clubinhos e são gente de bem, incapazes de drogar e estuprar uma menina de treze anos deliberadamente e ainda por cima chamar um amigo para participar. Isso eles não fariam. Mas por que não? Segundo aprendemos um estupro a uma menor não é algo que mereça mais do que seis meses de serviço comunitário e apoio de um psicólogo.

Prepare-se porque o pior ainda está por vir...

Querem me censurar?Querem me tirar do ar? Não tem problema.

Nós voltamos e cada vez bateremos com ais força.

Bom sábado!

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

CIDADE DE MERDA!!!

Florianópolis assume de vez seu estato de província disfarçada de cidade grande. O mais novo medalhão no peito dos poderosos que comandam a cidade é sentença amigável recebida pelos dois bandidos filhos de uma delegado e de um dos donos da RBS. Após estuprarem e confessarem vão apenas prestar serviços comunitários por seis meses e ter acompanhamento psicológico. ABSURDO!

E fica por isso mesmo.

Não é de hoje que sabemos quem manda e desmanda na cidade. A verdadeira autoridade é o dinheiro e a influência. A lei serve para manter a pobreza no seu lugar enquanto os ricos pilham saqueiam e agora estupram impunemente. Foi-se o tempo onde a justiça era cega. Agora ela passou a ser também surda e burra.

Onde estarão os sem vergonha dos direitos humanos que não aparecem para defender os direitos da menina de treze anos que teve a vida destruída pela inconsequência desses bandidos?

Cadê a verborragia e indignação do Prates no Jornal do Almoço?

Por isso que cada vez mais tenho nojo dessa corja que freqüenta esses colégios de filhinhos de papai tais como o Catarinense e o Coração de Jesus. Bando de mimados que não sabem o valor do dinheiro e muito menos possuem responsabilidade para porra nenhuma. Queria ver se fosse uma neta ou filha do Sirotsky estuprada pelos coleguinhas da sala. Vocês veriam o mundo virar do avesso. Seriam capaz até de voltar com a pena de crucificação. Só para dar o exemplo.

Com quatorze anos estupram deliberada e conscientemente uma menina de treze anos, o que farão quando alcançarem dezoito? Se alcançarem. Quem sabe não insurja da multidão um doido e tome a justiça em suas mãos e termine com a vida miserável desses filhos da puta que cagam em nossas cabeças e vão passear na Disney... Mas que acabe com todos eles. De ponta a ponta.

Aff...

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Viva la vida!


A vida ensina. Epifanias começam a aparecer mais regularmente em nossas vidas. A consciência nos guia para portos mais seguros. Ainda que adoremos a loucura do desconhecido. As nuvens ficam mais altas e os sonhos mais simples. Já sabemos que não vamos dominar o mundo. Nem queremos mais. No máximo queremos dominar o nosso mundo e as vezes nem isso conseguimos. Mas não desistimos.

Algumas manias já se fazem presentes, algumas atitudes não são mais toleradas e situações inadimissíveis. A liberdade adquiri novo sabor e ganha novas cores. Torna-se essencial. Mantemos ao nosso lado somente aquilo que nos faz bem. Quem nos faz bem. Comemos, bebemos, fazemos e procuramos apenas o que nos faz bem. Na verdade achamos que fazemos isso a vida inteira mas somente com o tempo realmente aprendemos a distinguir o joio do trigo.

O joio pode até ser divertido, mas consome tempo e energia que deveriam estar em outro lugar. Procure o trigo certo. Também pode ser divertido e delicioso. Depende do modo que você encara e leva as coisas. Seja você o trigo para os outros. E deixe o joio para aqueles que se contentam com pouco.

Enfim, com 32 anos bem vividos posso dizer que já vi, vivi, provei e senti muita coisa e ainda assim cada dia é uma surpresa com novos sabores, cores e amores.

E viva la vida.

Supernova

Uma supernova aloja-se em meu peito. Por todos os poros espalham-se partículas daquilo que não posso mais segurar. Em mim a vida floresce como no momento da criação. Talvez seja esse o momento da minha criação. O momento em que a consciência desperte do sono que entregou-se para fugir daquilo que não queria ver e sentir. Momento ímpar onde a razão encara o coração e juntos abrem a porta para um novo mundo. Um novo eu.

E?



O mundo não e perfeito. Muitas vezes em suas voltas perdemos o rumo e seguimos por caminhos tortuosos. Muitas vezes somos levados a lugares estranhos,com gente esquisita e mesmo não estando legal e não aguentando mais birita seguimos em frente. Quem sabe a Mônica ria e queira saber um pouco mais sobre o rapaz que tentava impressionar?

Quando tudo está perdido sempre existe um caminho. Mesmo que escape de nossa vista e nossa percepção. Ele está lá. Nos esperando. Por entre as nuvens pesadas e a chuva forte um raio de sol virá para acender a chama da esperança e mostrar que o sol as vezes pode demorar mas ele sempre volta a brilhar.

Não lute contra a maré sempre que ela virar contra você. Todos precisamos de um tempo de luto para absorvermos o impacto das pauladas que a vida nos dá. Faz parte do jogo. Mas a cada dia a dor diminui e a força retorna para nossos corpo, nossa mente. E antes que percebamos estamos de pé novamente e prontos para a próxima. Só que dessa vez mais fortes.

E não adianta ficar se culpando. Muitas vezes não temos mesmo culpa. Ou quando temos precisamos aceitar que fizemos merda e pensar no passo seguinte. Ficar preso remoendo o passado não traz ele de volta e muito menos conserta as coisas. O importante é respirar fundo, levantar a cabeça e soltar um foda-se para tudo que te faz mal. Quem não gostar que se foda junto.

E que venha o findi.

terça-feira, 10 de agosto de 2010

Dias e dias...

Tem dias em que a paciência resolve ficar na cama. Nesses dias, como o de hoje, não temos vontade muito menos "saco" para nada. Preferimos ficar na cama sem nos prestar para nada pois sabemos que nada nos satisfará. A preguiça alia-se com a falta de vontade e muitas vezes a letargia iminente parece vir para acalmar a mente.

Sinto saudade de quando as coisas eram mais simples e o mundo ainda era um bom lugar para se abraçar e cair de cabeça. Hoje parece ser tudo tão louco, tão impessoal. Sinto falta de quando as pessoas realmente sentiam o que diziam, inclusive eu. Quando podiam dizer o que sentiam sem ter que se preocupar com distorções fofocas ou pessoas sem escrúpulos que usam tudo que podem para se dar bem.

...

segunda-feira, 9 de agosto de 2010

Asas de cera ...



Amordaçado. É como muitos se sentem diante de situações onde a vontade era gritar. Tem coisas que simplesmente não funcionam. Coisas que não ficam bem quando muito próximas. Ícaro ficou encantado pelo brilho do sol e colocou todo seu empenho e energia buscando uma maneira de se aproximar do seu objeto de desejo.

Sua busca o levou a tirar os pés do chão rumo ao desconhecido para sentir de perto o calor e todo o brilho de seu sonho. Criou mil fantasias e futuros possíveis. Só não quis dar voz a sua consciência representada na história mitológica pela figura de seu pai. Mais experiente sugeria prudência e mais preparo, que conhecesse melhor os fatos e cuidasse do planejamento de seus atos.

Mas nada tirava o brilho do seu olhar. E conforme fora chegando mais próximo de seu sonho sentia o calor aumentando e o peito enchendo de alegria. Mas com a proximidade exagerada o aconchegante calor transformou-se em um inferno de fogo e suas asas derreteram-se atirando-o de cabeça para a realidade que ele se negava a encarar.

Belíssima metáfora que nos tenta ensinar o que já sabemos e não queremos enxergar. Muitos preferem uma história como a de Ícaro alegando que o risco faz parte do negócio e sem isso não vale à pena viver. Outros preferem nunca tirar o pé do chão e seguir por outros caminhos.

Onde está escrito que deve ser um ou outro?

A história é sua, decida você.

Boa segunda.

Under pressure...

O tempo é o senhor da sabedoria. Ele nos diz se o que temos é uma mera suposição baseada em fatos encharcados de achismo e tendenciosamente guiados ou se o que temos nas mãos é o conhecimento aplicado na prática transformando-se em sabedoria após a conclusão dos fatos.

Algumas vezes gostaria que ele provasse que estou errado com relação a algumas coisas. Atitudes falam mais que um milhão de palavras e em alguma situações machucam mais que mil balas. Preferiria não ter que disparar o gatilho contra mim mesmo mas infelizmente precisamos conhecer bem o terreno em que pisamos para não sermos futuramente surpreendeidos por uma mina terrestre perdida.

Quando a pressão aumenta os vazamentos começam a aparecer. Aí conhecemos o que está guardado la dentro.  Coisas que não deveríamos ver e que talvez nem devessem existir. Mas existem. E cada um tem seus próprios esqueletos guardados no armário. Cuidado para eles não fugirem e assombrarem você.

sábado, 7 de agosto de 2010

Feliz dia dos pais (aos pais de verdade)

Já vi muita coisa pelas minha andanças. Existem pais e pais. A ligação de sangue muitas vezes é mais fraca que o caráter de quem as possui. E tem outras pessoas que pelo coração fazem muito mais papel de pai e mãe. Trazer ao mundo é fácil, qualquer imbecil consegue. Não precisa estudo, nem muita prática, riqueza ou vontade. Simplesmente acontece.

O que me dói e ver o quanto o lado mais fraco dessa história sofre com a distância, mesmo que morem juntos. Me faz mal ver como esperam pela atenção e carinho e como o caraçãozinho lindo dessas pessoas pode ter tanto amor e carinho por alguém que nitidamente se apega mais a valores materiais. Mesquinharia tem limite.

Mas tudo bem. Por outro lado existem pessoas maravilhosas que geralmente são chamadas pelo primeiro nome ou por "tio". Esses sim muitas vezes amam e cuidam mais do que aqueles que trouxeram ao mundo. Se preocupam verdadeiramente e desinteressadamente. Dão carinho, amor, atenção, cobram e impõem limites. Coisa de pai.

Para esses e para aqueles que sabem honrar o significado da palavra pai desejo um maravilhoso dia dos pais e que sua felicidade seja o triplo daquela que você proporciona para os seus.

Feliz dia dos pais.

Assim que é.

 Perdido na noite eterna ele vaga pelos cantos das suas lembranças buscando encontrar fragmentos que façam algum sentido em meio ao caos generalizado que se instalou sem pedir permissão. A mente cansada as vezes prega peças. O importante é saber o que é real e o que não passa de mero devaneio promovido pela exaustão...

Whatever...

Caos. Um tiroteio de idéia, sentimentos e sensações percorre minha cabeça. Enquanto o mundo gira minha cabeça gira mais rápido ainda. Entendo todo mundo, sei o que esperar deles, sei como ler as pessoas e descobrir o que as palavras escondem. Só não sei o que se passa aqui dentro. Acho que muitos, ou quase todos, sentem-se assim vez ou outra. É como uma coisa que chega de mansinho e muda tudo que você tinha por certo. Mesmo que o certo não seja tão certo assim. Ainda assim é o certo para você. Ou não. Mas é você. Isso é certo. Acho.

Vontade de fechar-me em mim mesmo, trancar-me em minha própria torre a espera da idéia salvadora ou da visão maravilhosa que me devolva a perspectiva que possuía anteriormente. Mesmo assim pelas fendas seria atacado e tirado do eixo. Infelizmente já sei que isso não funciona e o final que terá. Mesmo assim permito-me ser violado em silêncio por idéias contrditórias tão claras quanto o dia. Clareza nublada pela mudança de atitude diante dos acordos da vida.

...

Quando você acha que sabes todas as respostas...

Percebe que realmente sabes todas as respostas...

sexta-feira, 6 de agosto de 2010

Aff...

Sem saco para escrever.

Hoje tem Comandos + Edio e Gustavo no Armazém do Kobrasol.

Amanhã Comandos no lugar da Faraway na formatura na Pedra Branca.

Bom findi.

Mais novas pelo twitter.  

@ianthives

quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Evolução

Muito bacana sentar e conversar com suas versões passadas e futuras. Você pode mesmo aprender muita coisa e entender um pouco mais de si mesmo fazendo uma análise comparativa entre o que você enxerga e o que realmente é verdade. Interessante demais. Ao menos para mim.

Percebi que realmente devemos ser exatamente como nós somos para sermos felizes de verdade. Não devemos e não podemos condicionar nossa felicidade a outras pessoas ou coisas. Isso não funciona. Por mais que você segure a respiração uma hora vai ter que tirar a cabeça da água para respirar... Aí a verdade vem e te atinge como um tapa na cara.

Rollover...

Faixa de desdobramento. Esse é o termo que uso para indicar até onde você pode ir, quais são os seus limites. Algumas vezes ultrapassamos as fronteiras mesmo sem perceber e ganhamos como prêmio um duro caminho de volta aos trilhos.

Mas porque deixamos isso acontecer? E se não deixamos que lado do nosso subconsciente está falando conosco e qual a mensagem? Perguntas e mais perguntas, é tudo que conseguimos. As respostas só com o tempo. Mesmo assim ainda não aprendemos algumas vezes...

Como podemos ter a indelicadeza de não perceber nosso egoísmo em alguns momentos é uma das coisas com as quais vivo me chocando dia após dia. A capacidade de entender tudo e ao mesmo tempo não entender nada anda lado a lado no ser humano. Infelizmente não somos nós que decidimos qual capacidade se aplica a cada momento.

Mas gosto de ver como as coisas se comportam diante das diversidades da vida. Acho que são momentos mágicos onde tudo se revela como é, seja para  bem ou para o mal. Me encanta descobrir qualidades nas pessoas, entretanto fico extasiado quando percebo a maldade aflorar no momento certo. Acho que meu lado negro fica mais escuro e saciado com isso.

A lição implícita em momentos como esse é aprender a ouvir seu coração e ser sincero sempre. Extremamente sincero. Sempre. Sinceridade não faz mal a ninguém. Só para quem não gosta da verdade e esses você pode manter bem longe de você...

terça-feira, 3 de agosto de 2010

É...

Serenidade. Momento onde as emoções se acalmam e o fluxo de pensamentos retoma sua rotina. Instante onde vislumbramos claramente em perspectiva todos os fatos, desdobramentos e decisões que temos que tomar. Conscientemente podemos segurar um pouco mais antes de soltar as rédeas do destino mais uma vez... Ou não...

Curtas VI

Alguns perseguem aquilo que nunca podem ter. Por saber que já falharam sentem-se aliviados da pressão de tentar. O medo simplesmente tira-lhes a força e qualquer chance de sucesso. Ficam como cachorros correndo atrás de seus próprios rabos. Patéticamente fingindo surpresa por não conseguirem alcançar algo que nitidamente estava a um passo. Quando essa proximidade aumenta começa a sabotagem. Aí o jogo fica perigoso pois alguns envolvem terceiros em sua insanidade. E nem todos têm medo do sucesso.

**** **** **** **** **** **** ****

Choro. Explosão de sentimentos até então contidos que não acharam palavras para sair.



**** **** **** **** **** **** ****

Nossa arrogância quando alimentadas por certos sentimentos torna-se uma poderosa arma. Reagimos mal a estímulos que em outras circustâncias e sob outros pontos-de-vista seriam interpretados como pedidos de ajuda. Mas não estamos dispostos a ajudar. Ficamos presos em um círculo vicioso e não enxergamos nada além de nossos sentimentos. Mesquinhos, ambiciosos e inúteis.

Conscientemete magoamos, através de atos ou palavras, as vezes simplesmente ignorando, mas magoamos. A mágoa nos deixa em uma ilha rodeada de coisas ruins por todos os lados, por onde tentemos escapar sairemos molhados. Você pode construir um barco para passar por cima, mas não vai te levar tão longe quanto uma ponte de sinceridade te levaria.

As vezes devemos nos atirar de cabeça nessa água para que possamos atravessa-la e sair do outro lado esperando que o tempo seque tudo que absorvemos enquanto nadávamos na decepção e angústia trazidas.

**** **** **** **** **** **** ****




segunda-feira, 2 de agosto de 2010

Lie to me.

Postei no Twitter uma frase do Dr. Lightman que diz: Verdade ou felicidade, nunca os dois. E gerou uma certa e deliciosa polêmica. As respostas foram em geral que a felicidade só vem com a verdade. Atitude esperada de quem quer acreditar que isso aconteça no mundo real. Pena que o mundo real não seja aquilo que vemos e ouvimos. Geralmente quando falamos em faltar com a verdade todos imediatamente, mesmo que inconscientemente, pensam nas mentiras que já disseram. Normalmente vem à mente aquelas mais pesadas e que causam mais vergonha. O ler isso você provavelmente desviou o olhar e espantou algumas fagulhas que se soltaram de pensamentos que deveriam ficar no escuro, correto? Mesmo que você (sorrindo provavelmente para esconder o nervosismo ao ser pego) negue com a cabeça e faça cara de surpresa.

A felicidade independe da verdade.

A frase fora postada pois a verdade está estampada na nossa cara, apenas não sabemos onde procurar. As palavras dizem uma coisa, seu corpo pode ou não corroborar o conteúdo. A verdade é a soma desses dois elementos. Quanta infelicidade seria poupada se soubéssemos perceber as nuances que a verdade nos mostra na linguagem corporal e facial de nossos interlocutores.

Se você dissesse o tempo todo a verdade, que consequências isso teria em sua vida? E na vida dos outros? E no mundo? No seu mundo então? Pense nisso.

Você só pode ter felicidade e verdade juntas quando estiver pronto para aceitá-las.

Não sou cético. Ainda acredito nas pessoas. Ao menos em algumas poucas. Até que me provem o contrário. Apenas estou com a mente e os olhos abertos e posso dizer, tenho visto cada coisa...

A arte imita a vida e nos abre algumas portas da percepção que estavam fechadas por pura falta de atenção...

Tudo que é, é. O que não é também é, mas de uma maneira diferente...

Mais uma do trabalho...


Algumas pessoas estão destinadas a bens maiores do que podem imaginar. Elas possuem o dom de encantar e tranqüilizar mentes e corações em momentos de agonia e confusão. Algumas vezes causam certeza confusão por não terem controle sobre alguns dons que possuem. Mas nada é feito por maldade ou de caso pensado.

Analise os passos do seu caminho. Procure perceber se nos momentos-chave existiu alguém que foi capaz de oferece a luz quando as trevas estavam mais fortes e pareciam insuperáveis. Note se alguém estendeu a mão e te guiou pelo labirinto sem te pedir nada em troca. Ou afagou você em seu peito tentando afastar as coisas ruins de perto, pelo menos naqueles momentos em que estavam juntos, permitindo que você descansasse e pudesse organizar os pensamentos.

Momentos mágicos que acontecem em nosso cotidiano e raramente nos damos conta. A mágica existe. Basta saber onde procurar e começar a acreditar nela.

Bom restinho de segunda...

Que seja

Sim, eu estava trabalhando...


Não se pode consertar o passado mas pode-se fazer um novo futuro. Depende de nós. A estrada é dura e muitos percalços irão testar sua força de vontade e tentar desviar sua atenção. Não permita. Controle suas emoções. Seja firme em suas atitudes e avalie as coisas a longo prazo. Mudanças sempre são boas. Mesmo que não pareçam.

Tem males que vem para o bem, algumas vezes as coisas nem são tão más. Mais tarde percebemos isso. Qualquer coisa que mude nossa rotina e ameace nossa estabilidade parece má. Mas pode não ser. Na verdade pode ser o empurrão que você esperava e que secretamente tanto desejava para mudar sua vida e fazer acontecer o futuro que tanto sonha.

Hoje é segunda, quer dia melhor para isso?

Boa sorte.

* www.bandacomandos.com.br - Agenda atualizada!